Estudo sobre comércio eletrónico (e-commerce)

Portal da Queixa

Um estudo sobre comércio eletrónico (e-commerce) realizado pelo Portal da Queixa, em parceria com a Netquest, revelou que mais de 90% dos portugueses já adquiriu algum produto ou serviço pela internet. Associada a esta prática, surge um aumento significativo do número de reclamações associadas ao comércio online. Em média, chegam ao Portal da Queixa mais de 20 reclamações por dia. Em seis meses, chegaram quase 4.000 reclamações.

O comércio online tem ganho, cada vez mais, adeptos por todo o mundo e os portugueses não foram exceção. Após um estudo realizado pelo Portal da Queixa, em parceria com a Netquest, foi possível concluir que 92% dos entrevistados já adquiriu algum produto ou serviço online, sendo que a faixa etária superior aos 59 anos é a que menos compra através da Internet, em comparação com os restantes grupos.

O estudo de âmbito nacional, efetuado entre 14 e 28 de junho de 2018, obteve um total de 5.300 respostas (59% do sexo masculino e 41% do sexo feminino) e teve a duração média de 5.4 minutos.



Compras online: Sim ou não?

A maioria dos consumidores inquiridos (92%) opta, cada vez mais, por comprar online. No entanto 8% dos entrevistados revelou ter alguma reticência perante esta nova prática comercial.

Os inquiridos que ainda não compraram online, referem como principais motivos a falta de confiança em realizar pagamentos através da internet, o facto de não encontrarem a oportunidade ideal e a falta de confiança na entrega do produto.

O estudo permitiu concluir que quase metade dos inquiridos (44%) realiza compras online entre 2 a 6 vezes por ano. Quanto menor a idade, maior é a frequência de compras online.

20/09/2018

Fonte:Portal da Queixa

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar