Patentes europeias atribuídas a Portugal aumentaram 15,3% em 2017

IEP

Houve 149 pedidos portugueses de patentes ao Instituto Europeu de Patentes e 68 patentes foram concedidas. No top cinco das entidades portuguesas que se candidataram estão três laboratórios de investigação e instituições académicas.

Em 2017, houve uma subida nas patentes atribuídas pelo Instituto Europeu de Patentes (IEP) a Portugal: as 59 patentes concedidas em 2016 passaram para 68 em 2017, o que equivale a um aumento de 15,3%, o valor mais alto dos últimos dez anos.

Contudo, os pedidos de patentes desceram 5,7% relativamente a 2016, segundo o Relatório Anual de 2017 do IEP divulgado esta quarta-feira. Mesmo com esta pequena descida, 2017 foi o segundo ano nos últimos dez em que Portugal apresentou mais candidaturas. Se há dois anos houve 158 pedidos (o ano mais alto), no ano passado fizeram-se 149.


Ir para Relatório anual 2017

08/03/2018

Fonte:Público

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar