Notoriedade dos fundos da União Europeia em Portugal aumenta 55%

Relatório

A AD&C - Agência para o Desenvolvimento e Coesão, I.P., no âmbito da Rede de Comunicação do Portugal 2020, levou a cabo, no final de 2018, através de uma entidade externa independente, um estudo de opinião à população portuguesa para aferir o impacto, alcance e favorabilidade da opinião pública em relação aos fundos da União Europeia e ao Portugal 2020.

Este estudo é comparativo, partindo do mesmo questionário e da mesma amostragem, relativamente ao estudo realizado em 2013 sobre o QREN, o anterior período de programação.

Neste estudo destacam-se alguns resultados, tais como:
- Houve um aumento do sentimento de pertença à União Europeia (UE)» 69% dos inquiridos sentem cada vez mais vantagens em pertencer à UE, face aos 34% de 2013;

- 85% considera que os fundos da UE têm contribuído para o desenvolvimento do país, face aos 74% em 2013;

- 3 em cada 4 pessoas que ouviram falar de projetos cofinanciados pela UE, avaliam positivamente o impacto dos mesmos nas suas cidades ou regiões;

- A avaliação da aplicação dos fundos como positiva/razoável aumenta de 43%, em 2013, para 66%, em 2018, representando uma taxa de crescimento de 54 pontos percentuais.


Consulte o ESTUDO DE OPINIÃO completo e saiba mais sobre a avaliação da opinião pública portuguesa em relação aos fundos da União Europeia.

21/01/2019

Fonte:Portugal 2020

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar