Protecting Innovation Through Trade Secrets and Patents: Determinants for European Union Firms

Estudo europeu

O Instituto Europeu da Propriedade Intelectual (EUIPO) através do seu Observatório Europeu das Infrações aos Direitos de Propriedade Intelectual procede hoje ao lançamento de um novo estudo europeu, com o título: Protecting Innovation Through Trade Secrets and Patents: Determinants for European Union Firms”.

Este trabalho que abrange toda a Europa, tem como base um exercício piloto elaborado para a Alemanha e publicado em setembro de 2016, e utilizou ainda os dados do ‘Community Innovation Survey for 24 Member States’, levantamento este que procedeu à análise da importância económica dos segredos comerciais e a sua relação com as patentes.

O estudo agora apresentado aponta para três conclusões importantes:

- Maior parte das empresas (situação especialmente privilegiada entre PME) utilização de segredos comerciais é mais elevada do que o uso de patentes, para a maioria dos setores económicos e em todos os Estados Membros;

- Novidades de mercado e inovação em bens materiais estão associados à utilização de patentes enquanto os processos e serviços inovadores são protegidos com maior frequência pelo sigilo;

- Complementaridade entre a utilização de segredos comerciais e patentes – muitas empresas usam os dois métodos para proteger as suas inovações.

13/07/2017

Fonte:INPI

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar