Projeto Economia Ativa no Douro Verde

2017-2019

Está em curso o projecto “Economia Ativa no Douro Verde” para apoiar a criação de novas empresas e capacitar as existentes nas áreas de agro-pecuária e produtos locais. O investimento está a ser implementado em territórios de baixa densidade, e que inclui várias freguesias de Amarante e Marco de Canaveses e os concelhos de Baião, Resende e Cinfães com o objetivo de fixar a população e combater a desertificação. O apoio chega com a realização de ações de formação e de assessoria técnica, um prémio para empreendedores rurais, bolsas para jovens empreendedores e a criação de um website para venda de produtos locais.


Este projeto emerge da necessidade de apoiar de forma proactiva, empresários e novos empreendedores já instalados ou que pretendam vir a instalar-se neste território, pretendendo-se promover uma cultura de empreendedorismo e capacitação organizacional, e por esta via reforçar significativamente as competências dos diferentes atores que interagem nas dinâmicas de incentivo e estímulo do espírito empresarial, pretendendo-se criar um clima favorável ao surgimento de novos negócios em setores de atividade tradicionais, como sejam a produção agrícola, animal, florestal, bem como nos setores do comércio, indústria e serviços.


O Economia Ativa no Douro Verde tem como entidade líder a Dolmen e entidade co-beneficiária a Associação Empresarial de Baião, sendo ainda parceiros do projeto, os municípios de Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses e de Resende, a Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, a Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Marco de Canaveses, a Associação Nacional dos Criadores da Raça Arouquesa e a CER Resende.

11/01/2018

Fonte:DOLMEN

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar