KPMG | 5ª edição do Barómetro de Negócios Familiares Europeus

Bem-sucedidos e resilientes

"As empresas familiares são um factor de estabilidade em contextos de incerteza. Estas empresas estão a fazer o que lhes compete para crescerem e gerarem emprego. Mas os responsáveis políticos europeus devem fazer a sua parte, contribuindo para que as empresas familiares tenham condições adequadas para prosperar. Colectivamente temos de assegurar que a Europa continua a ser competitiva e o melhor lugar onde investir e crescer ".

Segundo o estudo, 54% das empresas inquiridas registam um aumento no volume de negócios no ano anterior e 83% esperam um crescimento maior no próximo ano.

No entanto, as disparidades entre empresas de diferentes dimensões são óbvias: entre as grandes empresas, 74% aumentaram as vendas contra 57% entre empresas de média dimensão e 47% entre as pequenas empresas.



09/09/2016

Fonte:KPMG

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar