Inquérito Comunitário à Inovação: últimos resultados

Eurostat

Os resultados completos do Inquérito Comunitário à Inovação de 2016, que contém um amplo conjunto de indicadores sobre as atividades de inovação das empresas, estão agora disponíveis na base de dados em linha do Eurostat.

Em suma, na União Europeia (UE) cerca de metade (51%) das empresas de 10 empregados ou mais reportaram atividade de inovação durante o período 2014-2016, ligeiramente mais do que no período 2012-2014 (49%). A percentagem de empresas inovadoras aumentou ou permaneceu a mesma em 20 Estados-Membros da UE e diminuiu em oito. Aumentos particularmente fortes foram relatados para a Estónia, Portugal, Finlândia e Croácia.
Com aumentos de 54% para 67% em Portugal e de 55% para 65% na Finlândia, estes dois países estão agora entre os cinco principais países.

 

Maior proporção de empresas inovadoras na Bélgica, Portugal, Finlândia, Luxemburgo e Alemanha.



Durante o período 2014-2016, registaram-se as maiores proporções de empresas com actividade de inovação na
- Bélgica (68% das empresas),
- Portugal (67%),
- Finlândia (65%),
- Luxemburgo (64%) e
- Alemanha (64%).

No mesmo período, a participação foi inferior a 30% na Roménia (10%), na Polónia (22%), na Bulgária (27%) e na Hungria (29%).

14/03/2019

Fonte:EUROSTAT

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar