Startup Portugal

Financiamento para startups (act.)

A Startup Portugal lançada em 2016, representa a Estratégia Nacional do Governo para impulsionar o Empreendedorismo.

Pensada a quatro anos, esta estratégia foca-se em três áreas de atuação principais:

(I) Ecossistema;
(II) Financiamento;
(III) Internacionalização
consubstanciadas na implementação de 15 medidas concretas.


Objetivos principais:

- Criar um ecossistema de empreendedorismo à escala nacional;
- Assegurar a longevidade das empresas criadas e aumentar o seu impacto na criação de emprego e de valor económico;
- Atrair investidores nacionais e estrangeiros para investirem em startups;
- Cofinanciar startups sobretudo na fase de ideia;
- Promover e acelerar o crescimento das startups no mercado externo.

Destacamos
EIXO II – FINANCIAMENTO – INSTRUMENTOS/INCENTIVOS

- Apoio da ideia ao lançamento : Startup Voucher

- Apoio na fase de incubação : Vale de Incubação

- Apoio a financiadores : Programa Semente
Com o objetivo de criar um regime fiscal mais favorável para os três F que tipicamente investem em startups na fase inicial: Family, Friends and Fools.

- Incentivos à contratação, principais medidas:
A. Contrato-Emprego
B. Promoção de Igualdade de Género
C. Isenções e Reduções
Para além das medidas de apoio à contratação geridas pelo IEFP - Contrato-Emprego - o Estado concede outros apoios ao emprego através de outras medidas de isenção ou redução de contribuições a cargo da entidade empregadora, da responsabilidade do Instituto de Segurança Social, IP.
Para mais informações, consultar o site da segurança social


- Novas Formas de Financiamento: crowdfunding e peer-to-peer


Visitar:
http://startupportugal.com/
https://www.portugalventures.pt/
https://www.iefp.pt/

08/06/2018

Fonte:DGAE

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar