Augustin Olivier, INESC TEC

Especial Novo Rumo a Norte no JN #5 | Entrevista completa

O INESC TEC tem tido um papel relevante na produção de informação científica para as empresas, sobretudo das indústrias tradicionais, contribuindo para transformações significativas “no chão de fábrica”, o “desenvolvimento de novas ferramentas” e a “melhoria dos processos fabris”, descreve Augustin Olivier, adjunto da administração.

Com sede no Porto, em mais de 30 anos de atividade permitiu a muitas empresas “endogeneizar novos conhecimento técnicos” e desenvolver “soluções e serviços” que concorrem para o “aumento da sua competitividade” e o lançamento de “produtos diferenciadores”, realça o também responsável pelo Serviço de Apoio às Parcerias Empresariais da instituição. Tem competências e recursos altamente qualificados para apoiar as empresas desde a ideia até à transferência de tecnologia.

Deste modo, destaca Augustin Olivier, as empresas acedem a “informação científica sobre a evolução da tecnologia na sua área de aplicação” e “não ficam afastadas das novas tendências”. Daí os contratos de I&D e os projetos que candidata, em parceria com empresas de vários setores e regiões, a projectos financiados através de programas como o Portugal 2020 e o Horizonte 2020.

17/11/2016

Fonte:NRN

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar