Millennials

As carreiras boomerang e as ambições

O Dinheiro Vivo revela algumas das conclusões do estudo “Millennials@Work: expetativas sobre as empresas e lideranças em Portugal”, desenvolvido em parceria por BCSD, Deloitte Portugal e Sonae, adiantando desafios que colocam às empresas: carreiras boomerang, flexibilidade, equilíbrio entre vida profissional e pessoal e espaço para o crescimento e desenvolvimento do talento jovem.

O estudo procurou conhecer a visão e as expectativas dos millennials, que representam 32% da população empregada em Portugal, relativamente às organizações, e analisar os desafios da atração e retenção destes jovens nas empresas. Participaram nesta pesquisa perto de 2.000 millennials (55% do género feminino e 45% do género masculino), licenciados, empregados há mais de seis meses e a trabalhar em Portugal.

Alguns números:
- 50% dos inquiridos espera sair da organização onde trabalha nos próximos cinco anos;
- mais de 50% quando escolhem onde querem trabalhar tendem a preferir aquelas que proporcionam equilíbrio entre vida pessoal e profissional;
- 81% aspira tornar-se líder na sua carreira ou área de especialidade;
- 53% afirmam que as empresas não têm ambições para além do lucro
- 82% defendem que as empresas se centram nos seus objetivos em vez de considerar a sociedade


25/09/2017

Fonte:Dinheiro Vivo

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar