Apoios 2020: Novo Rumo a Norte avança com ciclo de sessões de apresentação da plataforma

http://agriculturaemar.com/

A Associação Empresarial de Portugal (AEP) inicia nesta quarta-feira, 30 de Novembro, em Felgueiras, um ciclo de apresentações descentralizadas da plataforma electrónica que criou para facultar aos empresários e empreendedores da região Norte "informação com valor estratégico" e "respostas em 48 horas" às dúvidas suscitadas pela utilização dos diferentes instrumentos comunitários de apoio à actividade económica disponíveis até 2020.

A criação da plataforma, de utilização gratuita mediante registo, constitui uma das acções de maior interesse do projecto Novo Rumo a Norte (NRN), promovido e dinamizado pela AEP para estimular o empreendedorismo, a inovação empresarial e a cooperação inter-associativa na região. Aos utilizadores registados, assegura várias funcionalidades e serviços, estando acessível em novorumoanorte.pt.

A operacionalização do NRN está a cargo de uma rede colaborativa que aglutina já quase 100 entidades com actividade na região Norte, de onde saem 39% das exportações nacionais. Dela fazem parte associações empresariais (locais, regionais e sectoriais), órgãos da Administração Local, universidades e institutos politécnicos, centros do sistema científico e tecnológico nacional, incubadoras e organizações da sociedade civil.

"A plataforma é um instrumento de grande utilidade para as empresas e os empreendedores da região, porque responde às suas necessidades práticas, seja qual for o negócio ou o território em que estejam", sustenta Luis Miguel Ribeiro, vice-presidente da AEP e director do projecto. Entre outras virtualidades, sublinha, "agrega informação com valor estratégico e à medida" das empresas sediadas nos 86 municípios nortenhos. Simultaneamente, "reforça a cooperação e valoriza o interface de proximidade" das associações com o tecido empresarial que servem, permitindo-lhes "oferecer um serviço de 'helpdesk' que responde em 48 horas a quaisquer dúvidas ou necessidades" das empresas, sejam elas associadas ou não, ainda candidatas ou já promotoras de projectos de investimento enquadráveis nos diferentes programas regionais, nacionais e europeus em vigor até ao fim do actual ciclo de fundos estruturais da União Europeia.

Apresentações nas 8 sub-regiões nortenhas

30/11/2016

Fonte:http://agriculturaemar.com/

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar