Cortiça bateu recorde de exportações em 2016

O setor corticeiro nacional aproximou-se dos 940 milhões de euros de exportações no ano passado, sendo o objetivo para 2017 atingir mil milhões de euros em vendas para o exterior.

egundo a APCOR – Associação Portuguesa da Cortiça, este desempenho representa um crescimento de 4% face ao ano anterior e reafirma a confiança de empresários e investidores.

A indústria corticeira nacional exporta 90% daquilo que produz para 133 países, sendo que a rolha se mantém como produto ‘premium’, com um peso de 72% no total das exportações, face aos materiais de construção (25%), e outros produtos (3%), com as novas aplicações a apresentar um elevado potencial de crescimento.

“Este recorde é o resultado de mais uma etapa do processo iniciado pela cortiça já há alguns anos, no sentido de se afirmar não só no mundo do vinho, no qual quer continuar a provar que é o melhor vedante, como também através de uma busca incessante de novas aplicações”, explica João Rui Ferreira, presidente da Associação Portuguesa da Cortiça.

A APCOR realça, ainda, a contribuição do setor com 7,5% para o aumento das exportações portuguesas, em 2016

03/05/2017

Fonte:Jornal Económico

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar