Dicas para melhorar o conteúdo do seu website

Guias Práticos NOS

Aparentemente simples, a criação de conteúdo para um website é um processo complexo e é necessário ter em atenção alguns aspetos para que consiga tirar o melhor proveito desta ferramenta.

1. Preste atenção ao SEO
O Search Engine Optimization, ou somente SEO, é o primeiro elemento a que tem de prestar atenção. Facilmente incorporado no seu website, esta ferramenta oferece dicas de como pode melhorar o seu conteúdo de modo a que este seja facilmente encontrado nos motores de busca como o Google ou o Bing.
Ver também: Quais as melhores ferramentas de monitorização online

2. Crie conteúdo profissional
Tenha cuidado com o português, escreva bons artigos sobre temas relevantes. Lance conteúdo regularmente, de preferência escrito por profissionais da área. O leitor terá prazer em ler os artigos e para além de conhecer melhor o seu produto, irá certamente voltar. Este elemento oferece-lhe também credibilidade que com o tempo se transformará numa boa reputação e reconhecimento.
Contudo, tenha cuidado - mais não é sinónimo de melhor! Não se engane, mais artigos não significa maior sucesso se para os obter tiver de deixar de lado a qualidade. Esta última deve ser sempre a sua prioridade.

3. Elabore artigos originais
Evite repetições, conteúdo irrelevante e nunca copie artigos, mesmo que bem-sucedidos, de websites que não o seu. O leitor quer originalidade, conteúdo que não consegue adquirir de outra forma. Do mesmo modo, tenha especial cuidado no tipo de artigo que elabora - tenha em mente o leitor a que ele se destina.

4. Não trate o seu website como uma ferramenta de venda
É verdade que o seu website terá como função vender o seu produto. No entanto, não o trate como uma mera ferramenta de venda. Crie conteúdo que seja interessante para o leitor - prefira um “vantagens de usar um bom perfume” em detrimento de um “vantagens de usar o nosso perfume”, por exemplo. Faça com que o leitor sinta que está a ler um artigo normal, ainda que o guie para um produto específico. Neste seguimento, evite o “clickbait” - títulos chamativos que depois não se relacionam com a matéria em si.

09/11/2017

Fonte:Guias Práticos NOS

Partilhar:

Usamos cookies para melhorar a navegação dos nossos visitantes. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de privacidade

fechar